Jornalismo Crítico | Biblioteca e Edição Brasileira | Copyleft | Contato | Participe! |
Uma iniciativa


» “Quebra” da Previdência, mentira posta a nu

» A era dos oceanos mortos

» Cachaça, musa maldita

» SUS, 30 anos: Outras Palavras lança Outra Saúde

» O último post

» A intervenção no Rio e sua face (muito) lucrativa

» Uma aventura temerária

» Colômbia, paz ameaçada

» Hora de virar a mesa dos banqueiros

» #Ocupapolítica , entre esquerdistas e pragmáticos

Rede Social


Edição francesa


» Chili, 1907, Santa María de Iquique

» Champ libre pour transformer l'Equateur

» Travail, chômage, le temps du mépris

» Jean-Luc Godard, l'insurgé

» Nouvelle responsabilité des intellectuels

» Dans l'étau des privatisations

» Au miroir du mouvement social de décembre 1995, la part de l'utopie

» « Réformes », « modernité », « globalisation »… vers l'explosion des mots piégés

» La poudre aux yeux de l'évaluation des OGM

» Hommes en quête d'identité


Edição em inglês


» Buttering up the Pentagon

» Maxime Robin on the new drugs ‘100 times stronger than heroin'

» The light at the end of the corner

» Chinese New Year, but where's the money?

» Donald Trump offers a helping hand to China and Russia

» How we got Donald Trump

» How we got Donald Trump

» Iran's far-reaching Shia networks

» Iran's far-reaching Shia networks

» Japan's bluefin tuna


Edição portuguesa


» Edição de Fevereiro de 2018

» «Idiotas úteis» do Pentágono

» O papel da Concertação Social

» Edição de Janeiro de 2018

» Recuperar os CTT

» O alvo iraniano

» O eixo Washington-Riade-Telavive

» Edição de Dezembro de 2017

» O Orçamento, o presente e o futuro

» Guerras de religião


Copyleft



A edição eletrônica de Le Monde Diplomatique é regida pelos princípios do conhecimento compartilhado (copyleft), que visam estimular a ampla circulação de idéias e produtos culturais. A leitura e reprodução dos textos é livre, no caso de publicações não-comerciais. A única exceção são os artigos da edição mensal mais recente, acessíveis no menu lateral esquerdo do site. A citação da fonte é bem-vinda. Mais informações sobre as licenças de conhecimento compartilhado podem ser obtidas na página brasileira da Creative Commons

O site do jornal é alimentado pelo sistema de publicação SPIP, baseado em Linux, gratuito e escrito em código aberto — portanto, modificável. Com ele, qualquer organização ou pessoa pode administrar e atualizar instantaneamente, e de qualquer parte do mundo, espaços complexos na internet. Também é possível organizar redes de publicações. Graças ao princípio RSS e à linguagem XML, já incorporadas ao sistema, todos os textos publicados por qualquer site integrante da rede pode ser anunciada automaticamente em todos os demais.

BUSCA

» por tema
» por país
» por autor
» no diplô Brasil

BOLETIM

Clique aqui para receber as atualizações do site.

Destaques

» O planeta reage aos desertos verdes
» Escola Livre de Comunicação Compartilhada
» Armas nucleares: da hipocrisia à alternativa
» Dossiê ACTA: para desvendar a ameaça ao conhecimento livre
» Do "Le Monde Diplomatique" a "Outras Palavras"
» Teoria Geral da Relatividade, 94 anos
» Para compreender a encruzilhada cubana
» Israel: por trás da radicalização, um país militarizado
» A “América profunda” está de volta
» Finanças: sem luz no fim do túnel